sábado, 20 de julho de 2013

chave inglesa

Pinto o retrato vazio
finjo que sei
como com todo o resto
me uso de (algumas) palavras bonitas
e do discurso alheio para pseudo-argumentar. Sou um
Carlos de todo dia.
Nada sei
e esbanjo de falsa sabedoria.







(Imaginação
A imagem exite, todo o resto
não.)

Um comentário:

  1. não é vazio, se foi pintado.
    Nenhum discurso é seu, nenhuma palavra é nossa, todo verso é furto (inclusive este).
    Nenhum conhecimento é todo, nenhum todo é tudo. Nenhum conhecedor é nato, e só por se saber te digo que és um pensador sábio!

    ResponderExcluir