sábado, 6 de outubro de 2012

Posso te dizer das (não muitas) paixões que, por vezes, me perdi entre os degraus. Idealizei e quis por perto para humanizar. noutras, humanizadas, não quis ver e desenhei altares. Mas agora, tu, tu chegaste assim. Chegaste inteira, viva, tocável, tão humana quanto Eu,
andando o mesmo caminho, buscando por entre vírgulas e acasos
um não motivo
uma luz
um viver








em paz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário