terça-feira, 24 de abril de 2012

há um conforto enorme no peito acalentado, nos dias desiguais. no todo-dia que vira um dia só. há um suspiro, uma calma, mesmo na lembrança, mesmo no desconforto externo. há um sorriso bobo, um olhar sonolento, um desespero bom de querer envolver - ser envolvido.
ter envolvido.
estar envolvido.
você me envolve muito.








e há palavras que firmemente tentei prender entre os dentes.
agora não mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário