sexta-feira, 26 de agosto de 2011

quatro. (a zero)

Cadê os dedos?
Cadê os dados?
Não quero jogo
Não quero perder
O que um dia eu fiz
?
Ou tirei.
Fotos, grafias, escritos
cinema
mudo.
Mudo.
Guardei todo o meu mundo pra um dia nunguém ver.
Renascer.
Cadê as formas? Os risos? O contato?
Me deixa recuperar.
Recompor a caixa de arquivos.
Espaço nulo.
Cérebro nu.
Formatar.
Idéias.
Matar a forma que um dia foi.
Reiniciar

Nenhum comentário:

Postar um comentário