quarta-feira, 25 de maio de 2011

Os ponteiros

Fácil, de fora
drama, por dentro.
O tempo não é substância, e, a distância
não é tempo.
Não há tempo
A todo o tempo o tempo não é nada...
aproveita a madrugada e volta pro teu quarto






Vou tomar um banho quente.




Nenhum comentário:

Postar um comentário