quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Parto inverso

3:30 a.m.
São as dores terríveis da noite que vêm me acordar - relembrando que o cordão umbilical ainda não foi cortado. (deveria ser?)
Contrações no tempo - relógio que não cessa - desse parto pelo avesso.
Adormeço...



E não me deixo nascer.



Nenhum comentário:

Postar um comentário