quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Parto inverso

3:30 a.m.
São as dores terríveis da noite que vêm me acordar - relembrando que o cordão umbilical ainda não foi cortado. (deveria ser?)
Contrações no tempo - relógio que não cessa - desse parto pelo avesso.
Adormeço...



E não me deixo nascer.



quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

escassez de tempo.

tarde de chuva repentina, queda de hormônios - e de mim - dentro de mim.
escassez de tempo, tempo que não passa aqui longe.
os tulmutos exteriores são como flores cotidianas de um jardim vizinho - passo e não vejo.
um vento calmo me fere a pele,
um solo qualquer de violão me fere o peito...




peito ferido de ausência tua.



quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Lista de Anonovo.

sol na casa 4. lua na 5
recolher. reformar
mudar hábitos.

calculo.
vou ler 30 livros, retomar o contato com 63 pessoas, dizer para os meus pais e irmãos que eu os amo.
deixo tudo pra próxima vez.

Perda de tempo.
Fico aqui, deitada e calada.
olhando as horas passarem, esperando fazer sol.
quando ele chega... acho quente demais.

adiando, adiando. acumulando energia pra gastar com coisa nenhuma.
Aí todos os meses viram 'agostos'. E no agosto, esperar setembro.
Passa de novo a primavera. verãooutonoinverno. e tudo de novo. nada novo.
2011, 2020. 2050.

Quando é que eu vou levantar?



[E eu nem ligo pra essa coisa aí de horóscopo...]