segunda-feira, 21 de junho de 2010

Rastros (continuar)


Sigo sempre com a impressão de que dexei algo pra trás. Na verdade é só vontade de que algo estivesse alí atrás, implorando pra que eu ficasse.
É.

3 comentários:

  1. e quem não sente?
    mas se é preciso seguir, mesmo com dor, na busca de encontrar algo melhor, maior, então a gente segue. quem sabe encontramos algo implorando por nós aqui mesmo, no presente?

    sábias palavras.

    ResponderExcluir